Páginas

domingo, agosto 24, 2008

Um pouco de música - Villa-Lobos

Comecei a escrever esta postagem, mas não terminei. Estou querendo desvencilhar-me um pouco desta realidade calhorda e mediocrizante em que vivemos, por esta razão resolvi ler a biografia e ouvir a obra Villa-Lobos. Achei que iria ser uma tarefa simples e que encontraria livros em qualquer livraria e CDs sem dificuldades, grande engano. Apesar de ser o maior compositor brasileiro (em todos os sentidos) e tendo feito enorme sucesso no exterior, não encontrei sequer uma biografia decente e muito menos um CD. Eu parti para caminhos alternativos, ou seja, sebos e repositórios de arquvos mp3 na internet. Encontrei uma biografia muito fraca e várias músicas gravadas por orquestras ou intérpretes estrangeiros, se não me engano não há uma versão nacional atual para a obra de Villa. Mais um vexame nacional!
Há também um filme biográfico de 2001 com Marcos Palmeira (Villa jovem) e Antônio Fagundes (Villa maduro) que é interessante, mas um pouco confuso. Ainda não consegui visitar o museu em Botafogo, mas vou antes de me mudar para Brasília.
Vou tentar escrever alguns posts sobre o que eu julguei serem as maiores influências para a composição de Villa, é claro que isto é uma opinião pessoal, portanto sujeita à vieses.

Referências:
1)Villa-Lobos: uma introdução - Luiz Paulo Horta (fora do comércio), 1987 - Jorge Zahar Editor.
2)Villa-Lobos o filme (http://www.mapafilmes.com.br/villa/index.htm) de Zelito Viana, 2001.

Nenhum comentário: