Páginas

domingo, maio 24, 2009

Memórias de Adriano

Este livro de Margarite Yourcenar, publicado em 1951, conta com detalhes impressionantes a detalhes da vida do Imperador Adriano (76-138 DC) através de uma missiva para Marco Aurélio. Adriano é considerado como um dos cinco bons imperadores romanos, fundando um período de grande crescimento e estabilidade do mundo romano, chamado de Pax Romana. Durante seu governo houve grande esforço em se manter a paz nas fronteiras bárbaras, demonstrando também grande tolerância religiosa. Adriano foi um grande estadista, sabia repeitar as diferenças e que a manutenção da paz no Império era fundamental para o crescimento econômico e para o bem estar social. Invejável sua forma de conduzir os problemas do Estado Romano. Também há passagens muito detalhadas da paixão de Adriano por Antínoo, e sua imensa tristeza quando este se matou, provavelmente em um ritual com vistas a beneficiar o soberano.
Este livro, que em princípio parece difícil, prende o leitor no pensamento do protagonista, levando o leitor para o mundo antigo.

Nenhum comentário: