Páginas

sábado, março 20, 2010

Lacerda e a Guanabara

Carlos Lacerda foi o primeiro governador do estado da Guanabara de 1961 a 1965 (hoje cidade do Rio de Janeiro após fusão com o estado de mesmo nome em 1975). Há um enorme esquecimento sobre quem foi ele e o que ele fez como administrador, Lacerda tinha o discurso afiado e antes de ser governador, como deputado federal, fez oposição atroz a transferência para Brasília da capital federal (tanto é que batizaram os pés de vento que de vez em quando se formam no cerrado de lacerdinhas). No seu discurso de posse disse que mesmo se não o deixassem construir as escolas, estradas etc, nada o impediria de transformar o governo numa fogueira para queimar os castelos dos políticos corruptos.
Lacerda foi um administrador exemplar e deixou um legado de obras ancilares para a cidade, como o aterro do flamengo, os túneis Rebouças e o Santa Bárbara, a adutora do Guandú, inúmeras escolas e postos de saúde e a transferência da população favelada para bairros decentes (hoje degenerados). Mas há mais sobre este estadista que merece ser dito e relembrado por todos. Sugiro a leitura do livro Lacerda na Granabara de Mauricio Dominguez Perez.

Nenhum comentário: